28 de agosto de 2007

Belas Poesias e Pinturas de Pietkra

Estou publicando neste tópico algumas poesias e algumas telas de uma amiga que conheci no Orkut, Pietkra Tebesco, apreciem:

********************
Se negra não fosse a noite,
Talvez eu percebesse
Que o sorriso era riso,
Deboche!,
Por ver vitoriosas
Tuas falsas palavras.

Se negra ela não fosse,
Por detrás do brilho dos seus olhos
Eu veria intenso prazer,
Por doentia intenção,
Pôr-me em cárcere profundo.


Pietkra.

********************
Sei das dores desta cidade,
Das minhas,
O que tentei por ambas,
Das que padece o homem que amo...

Sei de casos,
Que não foram por acaso,
Há culpados!
As consequências,
Me pedem intervir,
E você, o homem que amo,
Alguns fatos,
Te entristece o olhar.

Sei de uma dor neste planeta,
Que me pede por ser humana,
Intensa como a saudade,
De peito que me aconchega,
O do homem que amo.

Sei de bandeiras
Que tremulam frêmitos de revoltas
Que sangram,
O descaso da ausência de atitudes,
Que fazem a miséria
E humilhações de povos
Que fizeram filhos,
E resigno-me ante escravidão
Por junto,
Que o homem que amo,
Fez grilhões.
E,por eles,
Ele me tranca tão fundo,
Que nem mesmo nos seus olhos
Eu sou presença.


Pietkra.

********************
Gostaria ter um cantinho,
Onde houvesse uma orquídea branca
Num tronco de árvore,
Ao sol,
Um botão amarelo.

Que meus pés tocassem a terra,
Uma porteira a bater,
Um som de cascos no chão.

Que as pessoas que ali fossem,
Chegassem sem preconceitos
E me mostrasse, nos olhos,
Uma alma limpa,
E que minhas lágrimas
fossem apenas por amor
Ou por emoção.

Sentada à soleira,
Ouvindo o borbulhar
Do caldeirão de feijão
Se misturar ao crepitar
Da madeira no fogo.

O olhar ao longe,
E como que num quebra cabeça,
Tirar-te, aos poucos,
Do por do sol.

E,
Presença formada,
Você se faria em andar,
Em boca,
Em olhos,
Em cheiro,em amor, em mãos.

Mãos que trouxessem
A ternura de toques,
O afago da presença.


Pietkra.

********************
Tenho a fibra
E a raça de mulheres fortes,
A vida mo tem mostrado.
Só não sei
Se poderei sustentar seu olhar,
Mostrar no meu
A dor de nó passado,
Que à ti me ata.

Me cobro
E me preparo por forças
Pra assisti-lo feliz,
Que por feliz,
Sei,
Não contas comigo.

Com você,
À cada dia me faço mais forte
Pra não te mostrar tristeza
Pelo pacto de amor que fiz com você,
E você,
Fez com outra.


Pietkra.

********************
Você me faz mais que sensual,
Mais que felina.
Me faz em cio,
Com consciência mental disforme,
Corpo em hipnose,
Arrepios, profecia,
Transe-ação.

O desejo paira,
E busco no seu corpo
As sagradas atitudes
De ser possuída.

Te engulo lobo,
Fogo, energia,
Forte.

Impulso ensandecido,
Movimentos hábeis de dono
E leveza,
Que por final
Me faz dócil,
Vê-lo ir-se,
Sair alteza,
E confiar pra que,
Como hoje,
Você se repita.


Pietkra.

9 comentários:

Ideny Escritos e Telas disse...

Lindíssima esta tela, meus parabéns!

Neo disse...

Bom dia amigo!!
Parabéns, seu blog está lindíssimo mesmo com essas imagens e poemas!! :)Ops, agora já é boa tarde né rs, é que acabo de acordar rs...
Obrigada pela visita e pelo comentário...realmente é um texto confuso rs, reunião tensa? Hum, acho que eu tbm estava tensa quando escrevi tudo aquilo..rs
Espero conversar contigo em breve, essa semana foi meio difícil né?
Bjs e um ótimo final de semana arquiteto!

João Batista Lago disse...

Meu caro, parabéns pela descoberta. Posso assegurar que estamos diante de uma poeta que tem firmeza na palavra. Sua lírica en nada perde para uma Clarice Lispector, por exemplo.
Bem sejam ambos: o mestre e a poeta.

Hécate disse...

Olá, boa tarde arquiteto!!!
Hum, seria muito bom se vc escrevesse mesmo sobre isso viu?...esse tema anda sendo bem constante em minha cabeça também!
Obrigada pela visita e comentário!!
Foi muito bom vc ter levantado a questão de que tudo é antecipadamente e, de que não precisa acontecer p/ ser...puxa, isso resume bem o que eu queria ter dito ali naquele texto e oq tenho me perguntado com frequência ultimamente...tenho trilhado mais ou menos esse raciocínio, mas de um jeito sei lá, talvez intuitivo, aparentemente meio sem fundamentos entende? Por isso, tenho estado bem confusa com tudo isso rs...pensado como nunca no não-ser...tem algum livro bom sobre isso que podes me indicar?? Uma vez, vc me disse algumas coisas em relação a isso, sobre Hegel se não estiver enganada...mas, ah ele é tão totalitário rs...
Bjs e um ótimo resto de dia p/ ti! ;)

Nil disse...

Bom dia arquiteto!
Obrigada pelo comentário, aguardarei o e-mail viu?
Nossa, vc está bem? Melhorou?
Bjs, um ótimo dia p/ ti!

Carolina Schouer Thomaz disse...

Mui belas Artes, sinto um tipo de sensibilidade em teu Blogg ... acho que o Consta está inspirado pelas Musas rs

Hécate-neo-nil-new disse...

Boa tarde Constantin!
Amei tua "iluminação" rs...foi mesmo um ótimo complemento ao texto!! Obrigada pelos comentários sempre...e que bom que gostou do texto!
Bjs :)

Anônimo disse...

Muss es sein?

Cuide-se Constantin, o mais doce Elfo de açúcar!!

Bjs, Maya

PandoraPhiv disse...

Bela arte. Será que ela vende esse segundo quadro? Gostei dele. E gosto desses tons marrons, além do mais. Beijão! ;)


Goiânia